27 de mai de 2011

Redenção?

Aprovação do novo código florestal, aval total à Belo Monte... teremos redenção?
O assassinato do casal defensor da Floresta Amazônica simboliza a matança de todos nós, capazes ou não de enxergar a incoerência da lei que permitirá a destruição das florestas, tão vitais para o fornecimento da água que garante a prosperidade dos ruralistas. Eles estão completamente cegos, a ponto de protestar em Brasília com uma faixa gigante, na qual estava escrito: ONGs, cuidem do seu quintal, lá não tem APP. Como assim? Não é exatamente isso que as ONGs e INGs estão fazendo, cuidando do nosso quintal? Enquanto essa gente gananciosa não conseguir usar um pronome coletivo e continuar no "eu", o mundo permanecerá injusto, desigual, feio, sujo, poluído, sem pulmão e sem coração!

11 de jan de 2011

Zona Geral

A prefeitura cobra a zona azul, mas o que faz pelo bairro? Além de pistas intransitáveis e rio poluído,  cadê o caminhão da coleta seletiva para retirar constantemente o material reciclável, que a sociedade civil organizada se esforça por separar?


10 de jan de 2011

João Buracão é encontrado morto

João Buracão, morador de Itamambuca, foi encontrado morto nesta sexta-feira, dia 7 de janeiro, em meio ao lamaçal, sem os braços e com os pés arrancados, a cerca de 200 metros do local onde ele ficava sentado, inofensivamente, observando a cobrança da zona azul. Do jeito como foi encontrado, suspeita-se que tenha sido arrastado pela retroescavadeira. A máquina passou dias antes, apenas no trecho em que ele apareceu morto. A mãe, Maria Esburacada, o pai, Zé do Buraco, a irmã, Ana Buraqueira, e o cunhado, o americano Johnny Deep Hole, já anunciaram que devem se mudar em breve para Itamambuca.




Cenas dos últimos momentos de João Buracão



Crueldade com João Buracão