17 de nov de 2008

O Lixo que viaja pelas estradas do Litoral


O lixo que viaja pelas estradas do Litoral Norte é a notícia enviada pelo correspondente Ivan Quadros, que também pode ser lida no blog "Balaio do Kotscho" . Ele escreve:
Nos próximos dias, deverá ser ainda maior o trânsito daquelas carretas e suas enormes caçambas ao longo da rodovia dos Tamaios, levando lixo do Litoral Norte em direção ao Vale do Paraíba.
Ubatuba, a última das quatro cidades da região que ainda mantinha seu aterro no próprio município, recebeu cartão vermelho da Cetesb, que proibiu a continuidade das atividades do lixão da cidade e exigiu da administraão a implementação do famigerado transbordo de lixo para longe daqui.
As prefeituras do Litoral Norte adotaram nas últimas décadas a política de empurrar com a barriga esse problemão num dos mais valiosos santuários ecológicos que temos, uma réstia do que sobrou de Mata Atlântica.
Para espanto de muitos, talvez, o caro transbordo de lixo para aterros particulares em outros municípios já ocorre em São Sebastião, Ilhabela e Caraguatatuba, dinheiro que poderia estar sendo empregado em saúde, educação e diversão para a população.
Agora, segundo informam os jornais daqui, a Cetesb proclamou 15 de novembro, portanto às vésperas do início da temperada de verão, o prazo para Ubatuba também iniciar a “exportação do lixo”
Na verdade, outros prazos já foram dados, e Ubatuba sempre conseguiu dilatá-los, sem preparar a tempo a estrutura para o transbordo.
Diante da iminência de um colapso, não é absurdo pensar que as cenas recentes da cidade de Nápoles, na Itália, entupida de lixo, possam vir a acontecer em nossas calçadas e praias, não sei se já para a próxima alta temporada.Vamos aguardar os acontecimentos. Enquanto isso, cada um de nós que procure fazer a sua parte: produzir menos resíduos, em primeiro lugar; reciclar o que sobrar e construir em nossos quintais composteiras para absorver parte do lixo orgânico. É a prática da cidadania para com o próximo e para com o Planeta.O clamor dos acontecimentos leva as prefeituras a agir em conjunto, acelerando as discussões sobre a construção do novo aterro sanitário do Litoral Norte, segundo os especialistas no setor, em Caraguatatuba. Pelo que sei, até agora nada saiu do papel.Você que lê este blog, e que pretende passar as próximas férias no Litoral Norte de São Paulo, venha com o espírito preparado para manter a cidade limpa, porque nós próprios, moradores, não estamos dando conta do nosso lixo.

Nenhum comentário: