18 de set de 2009

Heróis Anônimos


Rodinei, o nosso herói, sua a camisa para coletar os sacos de lixo e juntar a sujeira esparramada pelas calçadas e ruas. "A gente faz a nossa parte para deixar tudo limpinho, mas o povo não colabora. Se a gente não cata o lixo espalhado, ligam reclamando do nosso serviço na firma e a gente perde o emprego".
Acondicionar corretamente o lixo e dispor os sacos para coleta em local apropriado não é só uma questão de responsabilidade ambiental, mas, sobretudo, uma demonstração de respeito pelo ser humano!

6 comentários:

Bi Mello disse...

A Rodinei e a todos os nossos héróis anônimos, meu extremo respeito e admiração!

rafinha_br disse...

esses donos de restaurantes sao muito burros, para quer colocar lixo no chao, eu que sou criança sou mais esperto do que eles.

Rafael, 11 anos disse...

Esses donos de restaurantes são muito burros, para que colocar lixo no chão? Eu que sou criança sou mais esperto do que eles.

Mauricio Moromizato disse...

Muito legal a valorização dos trabalhadores do lixo, realmente verdadeiros heróis.

Malu Ramos disse...

Parabéns Regina, mais uma vez vc. acertou em valorizar estes trabalhadores, que devem sofrer muito coletando o lixo esparramado e, indo nesta onda, que tal fotografarmos os estabelecimentos com as lixeiras de acordo. Seriam as "lixeiras do bem", pq. ando percebendo em meu trajeto que em alguns lugares as lixeiras são presas e bem tampadas, o que dificulta serem remexidas.

Itamambuca disse...

Oi Malu,

Meu filho já havia dado essa sugestão e eu respondi que não gosto muito da ideia de premiar quem não faz outra coisa a não ser cumprir com sua obrigação. Entende?

Regina